Parashah 37: Shlach l’kah (Envie para você) 13.1 – 15.41

 

Resumo da Parashah  ae1ed16c8fc3f414156600db57a451e73ac602dc

A Parashah inicia-se com o Eterno guiando seu povo para próximo da terra de Kanan’an, em seguida instruindo Moshêh para enviar doze espias, que eram homens de lideranças dentre o povo de Ysra-EL para averiguar a Terra Prometida e apresentar um relatório, de acordo com as instruções recebidas.

Passado 40 dias explorando a Terra Prometida, os espiões voltaram ao acampamento de Ysra-EL, carregando produtos da terra, apresentando o relatório a Moshêh e Aharon, bem como ao povo, isto no deserto de Pa’ran, porém, apresentaram o relatório negativo, dizendo que os habitantes da terra eram temíveis, que haviam gigantes, concluindo que seria impossível para Ysra-EL conquistar as nações que viviam ali, especialmente por que suas cidades eram fortificadas.

Somente Kalev, o espião enviado de Y’hudah tentou encorajar as pessoas porém, os demais, com exceção de Y’hoshua, passaram a contradizê-lo, fomentando medo nas pessoas, descrevendo os gigantes que viviam ali, descendentes dos nefilim.

O povo ao ouvir o relatório negativo passou a chorar e murmurar sobre a situação, queixando-se, inclusive chegando a cogitar se não seria melhor “escolher um líder e retornaren ao Egito”.

Ao ouvirem isto, Moshêh e Aharon se prostraram com o rosto em terra, enquanto que Kalev e Y’hoshua rasgaram suas vestes, dizendo que poderiam conquistar a terra porém, o povo ameaçou apedrejá-los até a morte e então, Adonai diz a Moshêh que irá destruir o povo contudo, Moshêh intercede a favor, lembrando ao Eterno que sua reputação seria manchada se não conseguisse guiar aquelas pessoas à terra que havia prometido. Adonai perdoa o povo porém, adverte que com exceção de Kalev e Y’hoshua, nenhum deles entrará na terra de Kanan’an, determinando que o povo suportaria 1 ano por dia gasto no reconhecimento da terra – quarenta dias por quarenta anos. Além disto, todos os homens que levaram um relatório negativo foram acometidos de uma praga e morreram.

O povo sentiu remorso e tentaram, sem autorização de Adonai marcharam na direção da terra de Kenan’an mas foram derrotados pelos amalekim e os kena’anim.

Em seguida a Parashah mostra Adonai passando instruções a Moshêh de quando o povo de Ysra-EL entrar na Terra Prometida no que condiz à oferta queimada, sacrifícios para cumprir um voto especial, ofertas voluntárias, ou ofertas referentes aos tempos designados.

A narrativa continua, retomando a história de um homem que estava juntando lenha no dia de shabbat. Ele é levado sob custódia e Adonai decreta que ele seja executado fora do acampamento, devendo ser apedrejado até a morte.

A Parahah conclui com instruções para colocar tzitzit, mencionado em muitas bíblias como franjas, nos cantos das peças do vestuário, com intenção de lembrar das mitzvot de Adonai para obedecê-las e não se desviar pelo próprio coração e pelos olhos para que não se prostituíssem, como assim é mencionado.

Da Parashah extraímos que o Eterno não deseja que seu povo seja apenas submisso a Ele, esperando unicamente por Ele. O Eterno deseja que seu povo lute e que o faça confiando nEle. Em todas as batalhas Adonai sempre se colocou ao lado de Ysra-EL. O Eterno não deseja que seus filhos fiquem prostrados aguardando ao comando. Não é por acaso seu nome é Ysra-EL, que quer dizer “ele luta com o Eterno” (Gen 32,25-30).

Ysra-EL vem das palavras “ish”, que quer dizer “homem”, “rá”, que quer dizer “lutar” e “EL” que quer dizer “Eterno” e assim, Hashem luta com seu povo; o preparou para as batalhas de ontem e continua  preparando para as de hoje; cada dificuldade é um teste, algo a ser enfrentado e superado, com humildade, sabedoria e confiança nEle; desta forma Ele prepara seus filhos Ysra-EL. Ámen.

Escrito por Ets Uri Ben Avraham (Alex) Judeu Nazareno

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s