Parashah 33: B’chukkotai (conforme meus regulamentos) 26.3-27.34

Resumo da Parashahdownload

A Parashah Bechukkotai incia-se com a promessa do Eterno de que se caminharmos nos estatutos de Elohim e executá-los, então desfrutaremos de bênçãos materiais e moraremos de forma segura na terra prometida. Também o Eterno fará morada conosco e caminhará entre nós.

Uma das primeiras coisas que devemos destacar como muito bem ensinado pelo Rabino Sha’ul, de nada adiante cumprir os mandamentos do Torah de forma legalista ou mecânica, baseada na autossuficiência arrogante. Na verdade o cumprimento dos mandamentos da Torah devem anteceder-se de “confiança” para com Elohim, ou seja, as mitzvot ordenadas por Adonai devem ser boas obras que fluem da obediência, sinceridade, sentimento verdadeiro, crença, amor e lealdade ao Eterno, sua Palavra e ao Mashiach Yeshua para assim, se tornarem ações corretas.

A Parashah destaca o desejo do Eterno de que o povo de Ysra-EL estudem a Torah e também cumpram suas mitzvot como observamos no primeiro passuc: “Se viverem de acordo com meus regulamentos, observarem e obedecerem às minhas mitzvot, darei a vocês a chuva necessária na estação, a terra dará seu produto, e as árvores no campo frutificarão”(Vayikra[Levítico] 26:3-4).

Nossos sábios ensinam que um dos pilares que sustentam o mundo é o estudo da Torah. Por meio do estudo da Torah, se tomarmos tempo para estudá-la, colheremos dela conhecimento dos caminhos do Eterno e assim, poderemos ser recompensados com bênçãos materiais como assim vimos no passuc citado.

Por outro lado se não estudarmos e não cumprirmos as mitzvot de Elohim experimentaremos tribulações enviadas pelo próprio Eterno. Se continuarmos teimosos e nos recusarmos a fazer teshuvá, seremos castigados com o exílio da terra e da presença do Eterno, mas, ainda assim, Elohim nunca se afastará complementarmente, aguardando a verdadeira teshuvá para mais uma vez, resgatar-nos, lembrando-se da aliança firmada com nossos pais Avraham, Itzhak e Yaacov.

Desta forma, devemos manter uma rotina de estudo diário das escrituras para que assim, venhamos cumprir as mitzvot de Adonai por meio da confiança. Através do estudo da Torah, de nossa dedicação ao Sagrado Abençoado Seja Ele, nos redescobrimos como verdadeiros servos do Eterno que nos acolhe, pois ele se lembra e se aproxima e então, por sua Misericórdia, sendo nós reconhecidos por Ele como verdadeiros e dignos, considerando-nos prontos, somos agraciados com o maior presente de nossa existência: a revelação de Yeshua Hamashiach; então seremos bem-aventurados se imersos no Mashiach e se depositarmos nossa confiança nEle; assim por nossa confiança “receberemos o direito, não por causa de linhagem, impulso físico, nem por vontade humana, mas pelo Eterno, de sermos chamados de ”seus filhos”(Yohanam[João]1.12). Ámen.

Escrito por ETs Uri Ben Avraham

Alex

 

Anúncios

Um comentário em “Parashah 33: B’chukkotai (conforme meus regulamentos) 26.3-27.34

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s