Parashah 21: Ki tissa (Quando realizar) 30.11-34.35

hqdefault

Resumo da Parasha

A Parashá desta semana começa com o Eterno ordenando a Moshêh para fazer um recenseamento do povo de Ysra-EL, também determinando que recolhesse de cada homem de mais de 20 anos, metade de um shekel (5,6 gramas de prata) para servir de kesef hakippurim (dinheiro da expiação) . O dinheiro seria empregado na tenda do encontro, para que fosse uma “recordação do povo de Ysra-EL diante de Adonai, para expiar-lhe a vida”[Sh’mot 30.16].

O Eterno também instruiu Moshêh a respeito do lavatório de bronze, usado pelos sacerdotes durante o serviço no tabernáculo. O lavatório ficava próximo do altar de sacrifício no pátio, onde os sacerdotes lavavam as mãos e os pés antes de subir o altar para realizar o sacrífico.

O shemen ha’mishcha, o óleo da unção era um óleo especial usado para consagrar todos os objetos do tabernáculo, também aplicado sobre a cabeça dos sacerdotes. Além disto, Moshêh também foi instruído pelo Eterno a fazer o cetoro (incenso) usado no Lugar Santo do Mishkan (tabernáculo).

Também Adonai disse a Moshêh que havia separado B’tzal’El, o filho de Uri, neto de Hur da tribo de Y’hudah para ser o principal arquiteto do Mishkan.

HaShem repetiu seu mandamento acerca da guarda do Shabbat, como sendo um sinal entre o Eterno e o povo de Ysra-EL por todas as gerações.

A seguir a parashah narra o recebimento de Moshêh das tábuas de pedra contendo os “dez mandamentos”, escritos com o dedo do próprio Eterno.

O povo de Ysra-EL então pecou contra o Eterno ao falarem para Aharon confeccionar um bezerro de ouro fundido, que eles começaram a adorar (Sh’mot, 32:1-6). O Eterno disse a Moshêh sobre o pecado do povo com sua idolatria e ameaçou destruir os israelitas, porém, Moshêh intercedeu pelo povo.

Moshêh desceu do monte onde estava a presença de HaShem, com as tábuas de pedra, encontrando o povo dançando sobre o ídolo. Moshêh lançou as tábuas de pedras ao chão, esmagando-as. Tomou então e destruiu o bezerro de ouro e levou os levitas (a única tribo que não contribuiu com ouro e para a criação do ídolo) a matar 3.000 dos cabeças.

Muito embora Moshêh tivesse intercedido ao Eterno em favor do povo, HaShem enviou uma praga sobre os israelitas.

Depois de um tempo Moshêh foi instruído a confeccionar novas tábuas a fim de uma vez mais subir a montanha, onde o Eterno diante de sua graça, novamente restabeleceu a aliança, orientando para que o povo não fizesse nenhuma aliança com os povos da terra, mandando que destruísse seus altares e adornos de adoração dos deuses pagãos, também orientando os israelitas a não se relacionarem com as filhas daqueles povos com o fim de que não fossem assimilados pelas doutrinas pagãs.

Também reafirmou a guarda da festa dos pães ázimos, do resgate do primogênito, Pesach e Shavu’ot.

A parashah termina com uma descrição do rosto de Moshêh iluminado com a glória de Adonai, onde de sua face emanava raios de luz.

Nesta parashah aprendemos que assim como as primeiras tábuas de pedra, baseadas na justiça e santidade de Elohim, foram quebradas por Moshêh quando viu o povo pecando diante da Manifestação Máxima do Elohim (idolatria ao Bezerro de Ouro) também YESHUA foi quebrado em nome da Lei e, assim como foram confeccionadas novas tábuas na qual o Eterno reafirmou sua aliança com Ysra-EL, também YESHUA ressuscitou para mostrar que o Eterno é “misericordioso e compassivo, lento em irar-se, rico em graça e verdade” que mostra “graça à milésima geração” e “perdoa as ofensas, os crimes e os pecados;” pois do Seu retorno também se iniciará a B’rit Hadashah (Nova Aliança) e todo Ysra-EL será salvo para a Glória de Elohim. Amém.

Escrito por Ets Uri Ben Avraham

Judaísmo Nazareno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s