A Respeito dos Dois Anjos

A Respeito dos Dois Anjos
Eu escutei em Tetzavé, Fevereiro, 1943, Jerusalém
A respeito dos dois anjos que acompanham um na véspera de Shabat, o bom anjo e o mau anjo, um bom anjo é chamado “direita,” pelo qual um se aproxima de servir o Criador. Isto é chamado “a direita aproxima.” E o anjo mau é considerado esquerda, empurrando para a frente. Isto significa que ele trás a um pensamentos estranhos, seja em mente ou em coração.
E quando um prevalece sobre o mal e se trás a si mesmo para perto do Criador, isso significa que em cada altura, ele supera o mal e se anexa a si mesmo ao Criador. Logo, ele se aproximou a adesão com o Criador através de ambos eles. Isto significa que ambos executaram uma única tarefa – eles causaram-o a aderir ao Criador. Nesse estado um diz, “Vem em paz.”
E quando um completou todo o seu trabalho e já admitiu toda a esquerda em Kedusha (Santidade), como está escrito, “não há um lugar para esconder de Ti,” o anjo mau não tem mais para fazer, pois a pessoa já prevaleceu a todas as dificuldades que o mau apresentou. Nessa altura o anjo mau está inactivo, e a pessoa diz-lhe, “Vai em paz.”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s